26 de fev de 2008

A música popular na formação da imagem da cidade brasileira: a tropicália e o espaço urbano contemporâneo

Resumo:

Este trabalho tem por objetivo investigar como o cancioneiro popular brasileiro percebe o espaço urbano das nossas grandes cidades (em especial Rio de Janeiro,Salvador e São Paulo, as mais recorrentes), a partir de meados da década de 1960, além de buscar compreender em que medida estas visões têm pontos de contato com as diversas teorias e práticas urbanísticas que se desenvolveram no cenário internacional a partir do segundo pós-guerra, no processo de crítica, revisão e contestação ao urbanismo modernista.

Neste sentido, a análise se centrou nas letras das canções dos compositores mais representativos do período e que continuaram produzindo até os dias de hoje. Os baianos Caetano Veloso e Gilberto Gil foram escolhidos por serem os principais nomes do movimento que se tornou conhecido como Tropicália ou Tropicalismo, surgido no final da década de 1960. Como contraponto a esta produção, foi analisada a visão de cidade apresentada nas letras das canções do compositor carioca Chico Buarque, a partir de meados da década de 1960, pela importância da sua produção e pelo significado que o espaço urbano tem em sua obra.

Clique para acessar o arquivo em PDF:

Nivaldo Vieira de Andrade Junior

Nenhum comentário: