16 de jun de 2007

Depoimento sobre Caê / Gus / São Paulo


Eu não saberia dizer ao certo, porque quando pequeno, o radio sempre ficava ligado em casa... Então, muito provavlemnte eu ja conhecia algo do repertório do Caetano sem me preocupar/saber que era dele. Lembro de ter visto o Clipe de "shy Moon" dele com o Ritchie no fantastico etc...

Por outro lado, posso contar desse encontro de sua "obra" com sua "pessoa" assim (acho que vai ser longo, mas é um exercício memorial interssante):

Quando eu tinha uns 9 anos, época das diretas, minha mãe ficava bem emplogada com os comícios, votação da emenda Dante de Oliveira etc. Quando a emenda não passou, lembro que minha mãe ficou bem chateada, dai foi meu primeiro contato com "politica". Acho que a partir dai me despertou uma ojeriza pelo regime militar e um interesse grande por aqueles que a ele se opuseram.

Uns anos depois, eu já devia estar com uns 12 anos, a Record fez uma retrospectiva dos Festivais dos anos 60. Bem, juntavam-se duas coisas que eu já gostava muito: música e resistência à Ditadura. Lembro de ter gravado Divino Maravilhoso com a Gal, São São Paulo com o Tom Zé, Disparada com o jair Rodrigues, Domingo no Parque com Gil e Mutantes, acho que Roda Viva com o Chico e o MPB4 e Alegria Alegria com o Caetano. Adorava vê-lo cantar a música e a reação emocionada da platéia.Acho que foi por ai que comecei a admirar a obra dele como sendo "Dele".


Nenhum comentário: